Como funciona?
Inicial >> Como funciona?

para o doador

Veja como é fácil, rápido e sem burocracia impactar a vida de várias pessoas:

Escolha seu projeto

Faça uma doação

Pronto! Você impactou

Sim! Eu Quero Impactar

para o captador

Veja como é fácil, rápido e sem burocracia impactar a vida de várias pessoas:

Envie seu projeto

Faremos uma avaliação

Show! Já pode captar recursos

Massa! Quero Impactar com meu projeto

Separamos aqui alguns questionamentos que recebemos frequentemente

 

Dúvidas frequentes

Gerais:
O que é o QUERO IMPACTAR?

É uma Plataforma Web de financiamento coletivo (crowdfuding ou vaquinha virtual) que tem a finalidade de engajar as pessoas para resolver problemas sociais em Recife, por meio do financiando coletivo de projetos sociais de iniciativa da sociedade civil e do poder público.

O QUERO IMPACTAR pode retirar um Projeto do ar?

Sim. O Grupo Gestor da Plataforma pode retirar sim, se a Instituição proponente do Projeto não mais se adequar as exigências requeridas na aprovação do Projeto ou à proposta da Plataforma.

Quem faz a gestão do QUERO IMPACTAR?

O Grupo Gestor da Plataforma se encontra lotado na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Município do Recife.

Todo o valor doado ao projeto vai diretamente para a instituição executora?

A Plataforma Quero Impactar não cobra nenhuma taxa de administração dos projetos cadastrados.
No caso dos projetos incluídos na área de cultura, esportes, pessoa com deficiência e atenção oncológica, todo o valor doado vai diretamente para a instituição executora.
No caso dos projetos na área de idosos e na área da infância e juventude, por decisão dos respectivos fundos gestores, respectivamente 10% e 25% do valor destinado pelo doador é compartilhado com outros projetos também aprovados pelos fundos correspondentes. Trata-se de uma repartição com outros projetos, e não uma taxa de administração. Esses percentuais foram definidos pelos próprios fundos da pessoa idosa e da criança e do adolescente, pois, como já indicado, o Quero Impactar não recebe nenhum valor, nem cobra nenhuma taxa de administração.

Como saber o valor que posso destinar do meu imposto de renda, sem precisar fazer nenhum gasto adicional?

O valor que pode ser destinado aos projetos corresponde a 6% do imposto devido anualmente. Ao concluir o preenchimento da declaração do imposto de renda, você pode verificar na aba “resumo da declaração” e, em seguida, “cálculo do imposto”. Ali será possível visualizar o campo “Total do imposto devido”. Esse valor é o que será usado pra calcular os 6% que você pode destinar a projetos com abatimento integral do valor.
É importante registrar que, se forem projetos na área de idosos e criança e adolescente, o limite é de 3% para cada um desses grupos. Se forem projetos nas outras áreas (cultura, esportes, pessoas com deficiência e oncológicos), aí o limite é de 6%.
Vale ainda apontar que, se essa destinação for feita até o dia da declaração do imposto de renda (em 2021, até o dia 31 de maio), o abatimento do imposto a pagar ou o crédito na restituição é imediato na própria declaração. Se for feito depois do prazo de declaração do imposto de renda, aí o valor poderá ser creditado na declaração do próximo ano.

Como faço para deduzir a doação do Quero Impactar no meu imposto de renda?

Depois de escolher seu projeto no Quero Impactar, emitir o boleto e pagar, você vai para sua declaração de imposto de renda e procura a aba “Doações Efetuadas”. Na sequência, clica em “Novo” para cadastrar uma doação feita. Depois é só preencher com o tipo de projeto para o qual você doou (cultura, esportes, infância e adolescente, idoso, pessoa com deficiência e oncológico), os dados do projeto e o valor. Automaticamente o sistema deduzirá a doação feita do imposto que você precisaria pagar, ou fará o crédito correspondente para elevar sua restituição. Vale lembrar que o limite da dedução é de 6% do imposto devido (ou de 3% separadamente para o fundo do idoso, e outros 3% para o fundo da criança e do adolescente).

Sobre doadores
Quem pode doar pelo QUERO IMPACTAR?

Qualquer pessoa física ou jurídica, nacional ou estrangeira, poderá doar aos Projetos ou aos Fundos.

Quem pode doar uma parcela do seu imposto de renda, aumentando seu valor da restituição do IR ou reduzindo o valor a pagar do IR?

As pessoas físicas e as pessoas jurídicas, mas há regras específicas para cada uma.

a) Pessoas físicas

Desde que façam a declaração do imposto de renda pelo modelo completo, no modelo simplificado não é permitida a doação da parcela do imposto de renda.

Todas as doações feitas até 31/12 aos Fundos da Criança ou da Pessoa Idosa, bem como os Projetos aprovados pela lei de Incentivo à Cultura e Incentivo ao Desporto podem ser abatidas do IR até o limite de 6% do imposto devido.

No entanto, existem duas exceções. O contribuinte pode efetuar doação após o encerramento do ano, e antes da entrega da declaração do IR, desde que a doação seja feita ao Fundo da Criança e do Adolescente ou ao Fundo da Pessoa Idosa. Nestes casos, a dedução fica reduzida e limitada a 3% do imposto devido na declaração, respeitando o limite global de 6%. O valor disponível para doação é calculado pelo próprio programa da Receita Federal.

a) Pessoas jurídicas

Desde que operem por meio do sistema de Lucro Real, podendo destinar até 1% do IRPJ devido. Para isso, precisam realizar a contribuição dentro do chamado ano-calendário, ou seja, até o último dia do ano anterior à declaração.

Posso doar mais do que o percentual permitido da destinação de parte do Imposto de Renda devido?

Sim, mas o valor destinado acima do percentual não será restituído pela Receita Federal ao contribuinte.

Sobre captadores
Quem pode propor um Projeto?

Pessoas jurídicas, de direito público ou privado, sem fins lucrativos, que executam projetos sociais em Recife.

Instituições privadas com fins lucrativos poderão inserir Projetos somente se for pela Lei Rouanet e desde que os projetos sejam de interesse público, devidamente certificados pelos órgãos competentes do Município do Recife.

As instituições proponentes devem enviar anexas as seguintes documentações:

CNPJ atualizado;

Estatuto Social registrado no Cartório de Registro Civil;

Atas de fundação, eleição e posse da atual diretoria;

Plano de trabalho do Projeto;

Cópias legíveis de documento oficial com foto, CPF e comprovante de residência do representante legal da

entidade;

Comprovante de endereço em nome da entidade;

Certificado de Inscrição Municipal de Recife – CIM;

Fotos do Projeto e/ou da Instituição (até cinco fotos).

Minha instituição tem sede fora de Recife, mas o Projeto será executado em Recife, posso inserir no QUERO IMPACTAR?

Sim.

Quantos Projetos minha instituição pode inserir no QUERO IMPACTAR?

Quantos achar necessário.

Quem Somos

O Quero Impactar é uma Plataforma Web de financiamento coletivo (crowdfunding) que tem a finalidade de engajar as pessoas para resolver problemas sociais em nossa cidade.

Realização

Siga nas redes sociais

instagram.com/prefeiturarecife

Realização